Ajuda pra calar a Boca de um "instrutor" metido a sabidão

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ajuda pra calar a Boca de um "instrutor" metido a sabidão

Mensagem por Don Corleone em Sex 1 Abr - 11:12

Alow meu Polvo, meu primeiro topico aqui heheheh

o caso é o seguinte, tava conversando com um intrutor sabidão lá na academia sobre pontos de contração muscular maxima, conversando em voz baixo com ELE, aí disse eu que tem músculos em que a posição final do movimento NÃO é o de contração maxima, como o por exemplo bíceps e o peito (sacaram?) enfim, nisso ele começa a falar em voz alta com a academia cheinha: "bla bla bla wiskas sache isso e aquilo se vc estiver certo eu rasgo meu diploma aqui no meio da academia", não posso perder essa chance né? hahahahah

enfim, tava caçando algum artigo ou texto ou parte de livro relacionado especificamente à isso, mas não to achando...

quem quiser me ajudar... heheheh

valeu! Twisted Evil

Don Corleone

Mensagens : 8
Data de inscrição : 26/03/2011
Localização : InterioRRRRR/SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ajuda pra calar a Boca de um "instrutor" metido a sabidão

Mensagem por MarinhoBF em Sex 1 Abr - 11:26

hahahahahahahaha. mano manda ele calar a boca, se nao for instrutor gordo deve ser magrelo!

Acertei?

hahahah

_______________________________________________________________________________________________________________________________________________
MarinhoBF - TF Moderador #02
• Equipe Musculação Brasil
Tudo que você deseja saber sobre musculação em um único lugar!

MarinhoBF
Moderador

Mensagens : 774
Data de inscrição : 11/02/2011
Idade : 27
Localização : São Paulo SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ajuda pra calar a Boca de um "instrutor" metido a sabidão

Mensagem por Don Corleone em Sex 1 Abr - 11:28

a segunda opção! é magrelo! kkkkkkkkkkkkkkkkk

Don Corleone

Mensagens : 8
Data de inscrição : 26/03/2011
Localização : InterioRRRRR/SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ajuda pra calar a Boca de um "instrutor" metido a sabidão

Mensagem por PassoLargo em Sex 1 Abr - 11:44

Normal cara vc só vai perder seu tempo...

Abraço por traz

PassoLargo

Mensagens : 110
Data de inscrição : 25/02/2011
Localização : Acre

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ajuda pra calar a Boca de um "instrutor" metido a sabidão

Mensagem por PassoLargo em Sex 1 Abr - 11:59

Ajuda pra calar a Boca de um "instrutor" metido a sabidão

Chama ele pra um fight e grava pra nois ve... geek

PassoLargo

Mensagens : 110
Data de inscrição : 25/02/2011
Localização : Acre

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ajuda pra calar a Boca de um "instrutor" metido a sabidão

Mensagem por Don Corleone em Sex 1 Abr - 12:08

PassoLargo escreveu:Ajuda pra calar a Boca de um "instrutor" metido a sabidão

Chama ele pra um fight e grava pra nois ve... geek

hsuiahsaiushauisahi

achei um aqui do Paulo Muzy:

Amplitudes e vicissitudes….

Publicado por Paulo Muzy - Ortopedista

Diz o grande treinador de bodybuilders profissionais Milos Sarcev: meio movimento, meio resultado. Mas por que seria assim? Quais são as vantagens em ser assim? Quais são as desvantagens de ser assim e quais são os problemas eventuais que podemos enfrentar por ser assim ou ao contrário?

Nessa material em específico vou pegar grandes nomes emprestados como Milos Sarcev, Waldemar Guimaraes, Fernando Marques e Charles Glass, porque o que aprendi foi com o estudo do trabalho destes senhores, educadores físicos e treinadores por excelência, que gastaram anos de trabalho e treinamento, de seus alunos e seus próprios físicos, para desenvolverem a biomecanica do bodybuildingcomo ela é atualmente.

Começando com o assunto que a Trika me pediu para escrever, então por que amplitude é tão importante? Qual o lugar dela no treinamento do fisiculturista?

Treinar em máxima amplitude é trabalhar com o músculo em várias situações de torque, do máximo alongamento e mínimo torque, ao máximo encurtamento e máximo torque. Fazer desta forma privilegia o equilíbrio muscular, o trabalho dos antagonistas e sinergistas e a saúde do músculo, desde que respeitada a situação que o esportista o expõe: a posição de máxima amplitude também é a de maior risco de lesão muscular ou tendinosa, portanto, exercícios em grandes amplitudes são para treinar primariamente coordenação intermuscular, não força através de grandes cargas.

Coordenação intermuscular é a capacidade neurológica aprendida e treinada de controle da musculatura de um segmento do corpo em realizar um movimento com o máximo aproveitamento da no tocante a tranformaçao de energia potencial em energia cinetica seguindo uma seqüência ou ordenamento de ativação muscular onde cada músculo contraia na sua faixa óptima de trabalho, obtendo-se assim um movimento de máxima energia cinética resultante desta contração. Ficou difícil? Imagine o seguinte então: um sujeito está fazendo supino.

A contração do peitoral, deltóide anterior e tríceps se dá numa ordem tal que o peso sobe, e sobe equilibrado pelo trabalho da musculatura antagonista. Movimento perfeito, certo? Agora, imagine que o mesmo sujeito decide que, em vez de levantar o peso da melhor forma possível, vai utilizar primariamente o tríceps para tal trabalho. Ele pode até fazer tal mudança na finalidade de treinamento, mas se não se adequar à nova necessidade, o peitoral maior por ter uma força maior poderá, se utilizado da mesma forma que num supino tradicional, desequilibrar todo movimento. Quer outro exemplo?

O iniciante, quando está aprendendo a realizar supino ou qualquer outro exercício, treme inteiro e se contrai inteiro, isto porque, coordenação intermuscular também tem a ver com a nossa capacidade de relaxar o antagonista para poder realizar o movimento ideal e dessa forma treinar o músculo agonista adequadamente, como no caso de aprendermos, ou melhor, nosso córtex motor aprender, a relaxar o tríceps enquanto realizamos um exercício de flexão de cotovelo para treinar nosso bíceps. Sendo assim, máximas amplitudes são utilizados geralmente em exercícios básicos, realizados normalmente com pesos livres e em geral peso de trabalho adequado para se fazer o melhor movimento e não a maior carga. Você pode até me contestar dizendo que o fulano faz agachamento com impressionantes 250kg e realiza um movimento perfeito e que ele está fazendo pesado e que teoricamente pelo que você entendeu, ele deveria fazer este exercício leve… concordo contigo, mas o que vem a ser pesado para ele será que é o mesmo para você? Por isso que o treinador dele prescreve o treinamento dele com base nas cargas máximas dele… porque dessa forma leve ou pesado é algo objetivo, feito de acordo com a capacidade máxima do esportista. Assim, 250kg pode ser pesado para você, mas para o fulando pode ser 40% da carga máxima dele, o que teoricamente, para ele naquele determinado momento é leve, ainda que um dia não tenha sido da mesma forma que hoje não é para você… entendeu agora?

Outra vertente fala da contração em spot, que prega utilizar o músculo somente na amplitude de movimento em que ele realiza o maior trabalho. Veja o supino inclinado por exemplo: se você for pedir orientação ao professor Waldemar Guimarães ele vai lhe falar sobre o quanto atletas se arriscam a realizar supino livre e o quanto deveriam preferir maquinas articuladas convergentes pela sua segurança de trabalho, se for falar com o professor Fernando Marques, dependendo da sua capacidade e momento que você se encontra, ele vai lhe colocar numa seqüência de variação biomecânica de 2 ou 3 exercícios em diferentes posições trabalhando a mesma musculatura em múltiplos ângulos oferecendo a você fadiga da mesma forma mas com um método diferente. Logo, não há uma regra, ou um certo-errado, faça-isso-faça-aquilo… tudo depende do momento em que você se encontra da sua performance física que define exatamente a sua capacidade atlética e portanto, as deficiências que precisam ser trabalhadas.

Senhores, treinamento em essência, trata de desenvolver habilidades tanto quanto melhorar as que já possuímos e um erro muito comum, aí assim erro, é o esportista treinar apenas aquilo que ele gosta mais, e portanto, tem de melhor… daí vemos andando por aí homens-peito-e-biceps, mulheres-bunda e outros desequilíbrio dignos de orientação. Um corpo bacana é conquistado com adequações, desproporções agradáveis ao olhar definidas por um olhar técnico que seja capaz de orientar a você quais são suas deficiências e portanto refazer sua estratégia de treinamento. Não conheço ninguém que tenha ido muito longe treinando ABC, peito e bíceps na segunda e matando quarta- feira porque é “ombro-e-perna” com a velha explicação: ombro eu pego treinando peito e costas e perna não precisa porque eu sempre visto calças… cuidado… roupa no Brasil é diferente do resto do mundo: no Brasil, culturalmente a roupa é feita para destacar qualidades e não para esconder defeitos… pense nisso.

Voltando ao assunto treinamento:

Estas técnicas avessas ao treino em amplitude máxima tendem a ser, de fato, mais seguras, desde que respeitados certos limites. O curioso é que são os mesmos limites dos treinos em amplitudes máximas: cuidado com o peso e a execução! Se por um lado trabalhar na amplitude máxima com carga vai te arriscar a uma lesão miotendinea, trabalhar na amplitude alvo com cargas exageradas vai lhe causar um aumento de pressão intrarticular, já que o peso suportado tende a aumentar, e a partir daí a diferença é que a estrutura a ser lesada muda de um tendão e um músculo para uma cartilagem e um ligamento.

Assim, o recado final é: conheçam mais sobre os métodos de consistência da contração muscular, contração em deslizamento ou em “squeezing”, contração de pico, trabalho excêntrico, repetições forçadas e super slow… vocês vão entender que treino para fisiculturista é muito diferente de chacoalhar o esqueleto que dioturnamente observamos, com pesar, nas academias espalhadas por esse mundão afora…

Repensem seus conceitos e fiquem atentos!

Abraço com muita performance e muita saúde, claro…

fonte: http://sites.amarillasinternet.com/sosarados/artigos.html

Don Corleone

Mensagens : 8
Data de inscrição : 26/03/2011
Localização : InterioRRRRR/SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ajuda pra calar a Boca de um "instrutor" metido a sabidão

Mensagem por M2a em Sex 1 Abr - 12:55

Acho que o cara quis "desafiar" você mais pra te tirar do que em relação ao conhecimento, no geral a galera não curte gente de fora dando opiniões

tipo um médico fazendo a consulta e o cara querendo ensinar ele.

Então sei lá. por mais que o cara esteja errado, as vezes esse lado de cada um no seu trabalho ta um pouco certo. independe da qualidade do trabalho q ele oferece, pq ai depende dele.

Por isso que eu nem ligo pra essas coisas, eu só escuto etc. Na minha área ai sim até dou minha opinião

M2a
Colaborador

Mensagens : 99
Data de inscrição : 18/02/2011
Idade : 29

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ajuda pra calar a Boca de um "instrutor" metido a sabidão

Mensagem por Don Corleone em Sex 1 Abr - 14:13

concordo M2a, até o momento em que estavamos conversando num tom normal entre eu e ele só, ok, mas ele quis dar de gostosão falando mais alto pra todo mundo escutar, isso que não curti...

Don Corleone

Mensagens : 8
Data de inscrição : 26/03/2011
Localização : InterioRRRRR/SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ajuda pra calar a Boca de um "instrutor" metido a sabidão

Mensagem por pablosm em Sex 1 Abr - 18:37

Eu não li o texto, mas tu achar que serve, esfrega na cara dele.

SAHUSUAHSIHUSA

_______________________________________________________________________________________________________________________________________________
pablosm - TF Moderador #03

• Equipe Musculação Brasil
Tudo que você deseja saber sobre musculação em um único lugar!

pablosm
Moderador

Mensagens : 426
Data de inscrição : 11/02/2011
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ajuda pra calar a Boca de um "instrutor" metido a sabidão

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 17:12


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum